Emergência Política

Duas pesquisas importantíssimas para o entendimento de inovação política na América Latina foram realizadas pelo Instituto Update. Jonaya de Castro, pesquisadora e idealizadora do labExperimental, atuou como planejadora convidada do Emergência Política América Latina, e como coordenadora do Emergência Política Periferias. As pesquisas falam sobre inovação política, que embora tenha um horizonte comum na redução das desigualdades, possui diversas perspectivas e abordagens. O Brasil tem uma democracia muito jovem, e diversas práticas políticas ainda se remetem aos tempos de ditadura, ou mesmo ao processo de colonização e monarquia.
(imagem destacada de Vitor Massao)

  • A pesquisa EMERGÊNCIA POLÍTICA PERIFERIAS é um retrato histórico de periferias de cinco cidades do Brasil: Recife, Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Belo Horizonte. Foram mapeadas mais de 400 iniciativas ligadas à política institucional, ONGs, coletivos informais e indivíduos, dentro das pautas de Mídia Independente e Alternativa, Participação Política, Redes de Colaboração, Movimentos Sociais e Culturais, Meio Ambiente e Empreendedorismo Social, que atuam em seus territórios. 
  • A pesquisa EMERGÊNCIA POLÍTICA AMÉRICA LATINA entrevistou 250 iniciativas da Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guatemala, México, Paraguai, Peru e Uruguai. O debate apresentará as inovações políticas mais importantes e que estão acontecendo agora. Sendo a América Latina a região mais desigual do mundo, combater a desigualdade deve ser a premissa de qualquer inovação política que tenha como finalidade fortalecer a democracia.

Para saber mais acesse emergenciapolitica.org