role guiado picnic

Rolê Guiado

O projeto Rolê Guiado Butantã foi um laboratório de audiovisual e de formação livre em remixologia e ocupação do espaço público através da linguagem criativa, fotografia.

O Rolê fez parte do edital Redes e Ruas, da Prefeitura de SP, e foi uma parceria com a Escola Amorim Lima e o Studio Luzia.  O laboratório foi realizado através de oficinas de criatividade e fotografia na Escola Desembargador Amorim Lima, rolês fotográficos guiados por áudio, “mapeamento foto-afetivo” com foco em sustentabilidade urbana, para resultar na ação principal: intervenções visuais na praça wifi Elis Regina para apresentação pública dos trabalhos realizados.

Como produtos culturais resultados do trabalho, realizamos dois áudio-guias e duas intervenções. Saiba do processo todo consultando o relatório geral aqui (licenciado em CC by SA).

Baixe aqui o áudio guia 1 – Praça Elis Regina à Nascente do Parque da Fonte

Baixa aqui o áudio guia 2 – Praça Elis Regina à Nascente do Rio Iquiririm

Veja aqui a galeria de fotos tiradas por Mario Cassetari, pai da aluna Elis.

rolê-guiado 22 abril

rolê-guiado_iquiririm-01 (2)

Intervenção Artistico Visual na Praça 

Finalizando e fechando o projeto, todo o material desenvolvido foi exibido na Praça Elis Regina, dia 13 de junho, utilizando tecnologias como VideoMapping e projeções, tornando todo o espaço ocupado pelas imagens do próprio bairro. A ideia foi transformar a praça numa grande galeria a céu aberto, tudo que foi registrado durante o Rolê Guiado, enaltecendo a comunidade local em uma grande intervenção visual coletiva.

As oficinas aconteceram na Escola Municipal Desembargador Amorim Lima, de março a junho de 2015. A escola, a partir das atividades culturais oferecidas em seu espaço, chegou a ganhar o Prêmio Cultura Viva, tornando-se mais um ponto de cultura na cidade de São Paulo, e também reconhecida pelo seu modelo pedagógico e por suas “salas sem parede”, baseado na Escola da Ponte de Portugal.

As Oficinas

Usamos o software livre GIMP para as edições de imagem nas oficinas, incentivando a cultura hacker por meio da apropriação de ferramentas livres e autonomia.

O Rolê

Através de um mapeamento prévio dos pontos e personagens históricos do bairro,  produzimos dois audioguias que servem de trajeto para os “rolês fotográficos”. Os audios indicam aos participantes os caminhos a serem percorridos e os locais a serem fotografados, além de narrar a importância e a história do ponto escolhido.

As fotos alimentaram um instagram @roleguiado como uma galeria virtual, pronta a buscar (via hashtags #roleguiado #rolebutanta #redeseruas), a memória histórica e o mapeamento afetivo local.

foto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *