Arquivo da categoria: mapa

Nosotrxs

// o Nosotrxs é uma pesquisa sobre identidade cultural na América Latina, organizada pelo LabE.

// a ideia é reconhecer elementos que nos levam a uma integração cultural, para a ancestralidade e para o futuro, através da produção de artistas ativistas contemporâneos de todas as expressões (artes visuais, dança, música, teatro, outros) da América Latina.

// nessa primeira fase, que vai de hoje até novembro de 2014, o objetivo é que pelo menos 3 pessoas de cada país da América Latina respondam o questionário a seguir:
http://goo.gl/NiWhA5

// enviem aos amigos dos países hermanos e respondam o questionário, para participar do processo

// mais infos pelo email nosotrxs@labexperimental.org

// arte grafite cedida gentilmente pelo artista latinoamericano Cranio :))

// nosotrxs

Os muitos mapas de público da Virada Cultural

Na última Virada Cultural,  produzimos a intervenção < Mapa de Público >

Nessa sequência de imagens, dá para acompanhar o fluxo dos pontos e trajetos das pessoas que interagiram com o app Mapa de Público, ou encontraram algum dos monitores que circularam pela Virada.

A sensação foi de conseguir “fazer um selfie” de uma multidão, e ela se mostrou linda e tangível num momento de festa”, Demétrio Portugal, integrante do Mapa de Público.

“A “foto/mapa” nessa intervenção, não veio de encontro com uma análise estatística do público, mas uma proposta interativa,  experimental e em dados abertos”, Jonaya de Castro, integrante do Mapa de Público.

 O Mapa de Público o processo foi de P2P, um-pra-um, que aos poucos, ao longo das horas e dos minutos foram traçando um caminho abstrato pelos palcos da Virada Cultural , bem como pontuando suas respectivas origens globais”, Felipe Brait, integrante do Mapa de Público.

Em breve, publicaremos os dados abertos e o código do app.

 

Mapa de Público

Uma intervenção de arte e tecnologia

Estamos produzindo a intervenção Mapa de Público na Virada Cultural 10 anos, a se realizar nos dias 17 e 18 de maio. Os temas que norteiam a ação são a visualização de dados e o fluxo de público.

A Intervenção começará envolvendo um grupo de mais de 80 pessoas entre artistas, programadores, produtores e colaboradores, e tem o objetivo de trazer uma visão criativa e inesperada sobre as discussões entre liberdade, privacidade e segurança no mundo virtual.

A ação experimental será gerar um mapa artístico ao vivo a partir da interação do público via um aplicativo chamado – Mapa de Público. O aplicativo poderá ser baixado gratuitamente nas lojas virtuais de app e, também haverá uma equipe de 50 colaboradores com tablets interagindo com o público diretamente do Vale do Anhangabaú e circulando pela Virada.

Mapa de Público

Uma intervenção de arte e tecnologia

Vamos produzir uma intervenção artística na Virada Cultural 10 anos, a se realizar nos dias 17 e 18 de maio. Os temas que norteiam a ação são a visualização de dados e o fluxo de público.

A intervenção começará envolvendo um grupo de mais de 80 pessoas entre artistas, programadores, produtores e colaboradores, e tem o objetivo de trazer uma visão criativa e inesperada sobre as discussões entre liberdade, privacidade e segurança no mundo virtual.

A ação experimental se dará na produção de um mapa artístico ao vivo a partir da interação do público via um aplicativo chamado Mapa de Público. O aplicativo poderá ser baixado gratuitamente nas lojas virtuais de app e também haverá uma equipe de 50 colaboradores com tablets interagindo com o público diretamente do Vale do Anhangabaú e circulando pela Virada.

A partir do aplicativo a pessoa diz de que bairro veio e, com um clique, começa a marcar no mapa seu trajeto partida e chegada.. Se continuar a fazer o checkin pelo centro da cidade de São Paulo, formará uma seqüência de pontos do seu percurso. A ideia é que qualquer pessoa possa se cadastrar e participar da intervenção sem precisar confirmar quem é. Hoje em dia, uma simples existência anônima ativa na internet, já é algo bastante questionador.

Saiba mais aqui
http://labexperimental.org/mapa-de-publico/

Mapa afetivo no Prototype Festival

Participamos do Prototype Festival com o Mapa Afetivo Krono Kairós.
“Os gregos antigos possuíam duas palavras para a moderna noção de “tempo”: chronos e kairos. Enquanto a primeira era usada no contexto de tempo cronológico, sequencial e linear, ao tempo existencial os gregos denominavam Kairos e acreditavam nele para enfrentar o cruel e tirano Chronos. Enquanto o primeiro é de natureza quantitativa, Kairos possui natureza qualitativa”

Mais fotos na nossa página do facebook

Krono Kairos * Mapa Criativo de Distância Afetiva

mapa_criativo2-ohne-text-zugeschnitten-300x198

http://prototype-festival.com.br/mapa-afetivo/

O LabE vai participar do Prototype Festival, dias 12 e 13 de Abril, na Praça Vitor Civita, zona oeste de São Paulo. Serão duas ações, o Mapa Krono Kairos – Oficina de Mapeamento Criativo de Distância Afetiva, que é uma oficina mão na massa, onde os participantes terão vários materiais disponíveis como pincéis, tesouras, tinta guache, canetas hidrográficas, fita adesiva colorida enfim, material para construção desse mapa colaborativo.

A outra ação é de mobilização e criação de um mapa virtual no MootiroMaps.org, mostrando onde estão localizados recursos e organizações do entorno.

Serviço:
12 e 13 de abril de 2014
11h às 17h
prédio 2º andar
Praça Victor Civita
Gratuito

Mapeamento Criativo

Procuramos gente fina, elegante e sincera em Sampa. Inscrições abertas: goo.gl/IDv4o2

labe_mapasp.001

O mapeamento será provavelmente durante a Virada Cultural da Cidade de São Paulo, nos dias 17 e 18 de maio. Serão duas equipes contemplando o público das 18 as 6h da manhã. Estamos desenvolvendo um app EXPERIMENTAL para isso. Teremos um dia de treinamento e formação para realizar (provavelmente 4 horas de encontro). A ideia é partir dos 4 eixos do LabE para desenvolver o experimento. Mais infos pelo lab@labexperimental.org

47 cidades do Brasil

mapa inscrições 2014

As inscrições para o 3º Edital de Formação de Oficineiros do Lab.E, encerraram na ultima sexta-feira (28). Foram mais de 120 inscrições, de 47 cidades distintas do Brasil inteiro. O objetivo é formar uma turma com oficineiros de cidades diferentes, pois a troca de experiência entre tantas realidades enriquece as discussões e potencializa os aprendizados. Serão selecionados apenas 12 inscritos, e estamos muito felizes em ver tantas pessoas com bagagens e linhas de atuação diversas interessadas em transformar realidades através da arte e da tecnologia.

Mapeamos a visitação do festival o/

A equipe do Lab.E propôs interações com o público que foi ao pré-lançamento do Festival SCREEN. O SCREEN é uma plataforma cultural nascida em Barcelona que aborda o tema da cidade e a imagem em movimento, e que acontece através de Festivais de Videoarte. O local de realização foi o Art Palácio, de 21 de novembro a 01 de dezembro de 2013, cinema de 1936 que hoje é propriedade da Secretaria Municipal de Cultura. Este cinema foi um dos maiores e mais importantes da época de ouro da Cinelândia Paulista e uma parte do prédio foi requalificado especialmente para receber o público durante o festival.
 Captura de pantalla 2013-12-03 a las 11.36.08
A equipe do Lab.E propôs interações com o público que foi ao pré-lançamento do Festival SCREEN. O SCREEN é uma plataforma cultural nascida em Barcelona que aborda o tema da cidade e a imagem em movimento, e que acontece através de Festivais de Videoarte. O local de realização foi o Art Palácio, de 21 de novembro a 01 de dezembro de 2013, cinema de 1936 que hoje é propriedade da Secretaria Municipal de Cultura. Este cinema foi um dos maiores e mais importantes da época de ouro da Cinelândia Paulista e uma parte do prédio foi requalificado especialmente para receber o público durante o festival.

 

Um dos resultados da ação do Lab.E é o “Mapa das Visitações”. Conforme os dados informados por aproximadamente 20% do público (424 pessoas), foi possível georreferenciar o ponto de partida de cada um. A experiência gerou esse mapa: http://goo.gl/whC2y6, que serve de visualização da mobilidade do público em relação ao Cine Art Palácio, no centro de São Paulo. Estamos experimentando as possibilidades de visualização desses dados.O que esse mapa nos revela? Estamos aprofundando uma pesquisa que cruza alguns dados desse mapa com os depoimentos no Mural do Lab.E. Logo mais publicaremos essa análise.
Captura de pantalla 2013-12-06 a las 18.11.04
A proposta do Lab.E é trabalhar a aproximação das pessoas e dos diferentes modelos de governança existentes. Propomos processos autônomos de reflexão, atuação social e participação popular, diante da atuação como coletivo cultural. No campo de reinvenção do espaço público, desenvolvemos um processo de pesquisa e mapeamento afetivo do espaço da comunidade, concretizado nesse mapa, no mural “Aqui Eu Imagino” e no livroarte “Memórias do Futuro – Cine Art Palácio 2103”, que será doado para a Biblioteca Municipal Mário de Andrade.
No mapa, percebemos que são muitos bairros envolvidos no processo, numa crescente densidade ao se aproximar do centro. Para quem participou: talvez você tenha saído de casa para visitar o Screen Festival, talvez você estivesse passando em frente ao Art Palácio, percebeu algo diferente no espaço urbano e entrou. Você pode ter andado apenas alguns quarteirões da sua casa à exposição, ou usado o metrô, ônibus, avião, atravessado a cidade ou o oceano. Com esse mapa e com as outras ações, o lab experimental promove desenvolvimento de metodologias de gestão cultural. Agradecemos às pessoas que compartilharam essa experiência com a gente!
Equipe Lab.E